E os animes de outros países?

Olá polvinhos ❤ tudo bem com vocês? Vocês já devem ter visto pelo título do post sobre o que eu vou falar e é isso mesmo, fora os cartoons que são animações ocidentais (e que alguns são ótimos), hoje estou por falar sobre a situação dos animes (ou animações orientais). Principalmente sobre os animes chineses. Para quem se pergunta porque eles são tão chatinhos ou ruins (em questão técnica, jamais citarei sobre a base).

Existe algo chamado Comitês de produção (Seisaku Iinkai) que são um grupo de várias empresas que financiam um anime que custam aproximadamente em um episódio 100.000dólares! Claro que aí eles debatem e levam em conta os riscos e as qualidades de se produzir determinado anime. Até porque é muito caro e se eles não tomarem cuidado, muitos estúdios podem falir com isso!

Geralmente quando um anime não vende muito bem, e ele consiste em 12 episódios, não há muitos riscos até porque são mais de 10 empresas investindo no projeto. E são várias pessoas (do mundo todo) que participam, sejam os roteiristas, diretores, animadores, etc...

Sim, esse é um anime japonês!
No caso dos animes chineses, a China tem muito dinheiro para investir e que tem empresas que contribuem para a criação de um anime.  O problema é que os japoneses não deixam porque se não eles teriam o comando dos animes. E claro, eles também querem produzir animes chineses com melhor qualidade o que ainda é quase que impossível.

Até agora meu único anime chinês que vi até agora foi To be Hero, a base da história é boa, tem bons traços, mas também se investissem mais nisso seria melhor ainda! Bom, até mais pessoal  /o/